MÃE MARIA – “É TEMPO DE ESCOLHERDES DEFINITIVAMENTE A LUZ” – 29.05.2017

 

Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Equilíbrio, amados, falta equilíbrio em vossas vidas!

Tudo que vivenciais se revela como amor ou como dor.

A humanidade não consegue, ainda, elevar sua mente além da dualidade para compreender causa e efeito, e, consequentemente, vive o dia a dia aprisionada na consciência limitada alimentada pelo ego-personalidade que expressa muito mais dor do que amor.

O amor é efêmero na vida do ser humano, e quando se manifesta como alegria e felicidade não é reconhecido como o estado natural dos Filhos da Luz, mas como um presente passageiro para que a vida possa ser levada adiante.

A dor, ao contrário, é cultivada no dia a dia, como um estado natural do qual é impossível vos descartar.

Um pouco de amor e muita dor, essa é a realidade dos Filhos da Terra.

É tempo de reconhecer que sem buscardes equilíbrio na dualidade não conquistareis a unidade com o Criador.

O equilíbrio decorre da união de mente e coração; a mente mostra e o coração compreende.

Quando a compreensão se faz presente o propósito de tudo se anuncia, e reconhecendo o propósito, a realidade pode ser vivenciada sem dor.

Quantas vezes chorastes pela perda de algo que logo adiante reconhecestes como uma bênção em vossas vidas! Quantas?

É tempo de injetar em vossas mentes e corações a certeza de que sois luz, sois plenitude, sois felicidade, e que se esses atributos do divino que sois não se apresentam em vosso dia a dia necessário se faz clarear vossas mentes e buscar o por que?

Por que existe escassez, falta, limite?

Por que não conseguis acessar a fonte infinita que tudo provê?

A resposta sempre se apresenta para os sinceros de coração, e ela chegará a vós na forma de desafios.

Sim, desafios! São eles que vos fazem refletir, são eles que vos mostram como tendes lidado com a vida, eis que sempre colheis o que plantais.

Crer, amados, crer que a vida não se desenrola de forma linear, mas em círculos.

O que plantais hoje sempre florescerá e derramará seus frutos, para que as sementes deles extraídas gerem novas árvores e novos frutos.

Plantais negatividade, egoísmo, injustiça, vaidade, desamor, separação e tantos atributos que não são uma extensão do amor?

Essas sementes florescerão, e é isso que colherás em vosso dia a dia.

Plantais solidariedade, amor, paz, justiça, compaixão, fraternidade, verdade e tantos outros atributos que vem do Pai?

Esta será vossa colheita!

A lei maior que rege vosso universo sempre vos devolverá aquilo que plantais.

Não penseis, pois que sois imunes aos efeitos do que plantastes ao longo de vossas encarnações porque no hoje viveis uma vida de retidão.

Vossos débitos precisam ser compreendidos e quitados, e vosso presente precisa ser vivido no equilíbrio daqueles que já reconhecem que fazem parte do todo, e que são responsáveis por seus pensamentos, sentimentos e ações na certeza que eles ajudam a engrossar a negatividade ou alimentar a paz no mundo.

Esta é a única escolha! Alimentar a luz ou a escuridão.

A busca pela plenitude passa pela escolha que precisais exercitar no dia a dia.

Se escolherdes a luz, e agirdes de acordo com os preceitos que ela alimenta, sereis os protagonizadores de um mundo de paz e plenitude, de verdade e alegria, de compreensão e tolerância.

O outro lado desta moeda só tem a vos ofertar a continuidade da dor, do limite e do sofrimento, do mundo onde impera o egoísmo, as injustiças, a ganância, a mentira e a miséria.

Buscai, pois em vossos corações a clareza para que possais equilibrar vossas vidas, aceitando tudo que ela vos revela como uma oportunidade de corrigirdes o passado e criardes o futuro que vislumbrais em vossos sonhos, e que pode sim ser vossa realidade no aqui e agora.

Bem amados, alcançar a plenitude só depende de vós, de alimentardes a certeza de quem sois, a certeza do vosso propósito, a certeza de que nada é impossível a um Filho de Deus que reconhece seu potencial divino e trabalha incessantemente para manifestá-lo no mundo da ilusão.

A ilusão só se dissolverá inteiramente quando a verdade de quem sois for exercitada no dia a dia.

Sair do mundo da ilusão exige fé, determinação, trabalho consciente no controle de vossas mentes egoístas, para que a Mente de Deus se reintegre em vossa centelha, e possais ser novamente uma parte consciente do Pai que busca a reintegração de todas as formas de vida, para a consolidação da plenitude em vossa Mãe Terra.

Bem amados, que vossas orações sejam o combustível que alimenta a certeza necessária nos corações de vossos irmãos, para que todos possam manifestar o Eu Sou.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.       

Canal: Jane Ribeiro

Fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/maemaria/

E aí gostou? Deixe um comentário, será muito apreciado...