GOLDFISH REPORT # 150 – “MESA REDONDA SOBRE FINANÇAS COM: COBRA, BENJAMIM FULFORD E WISTON SHROUT” – 20.10.2017

 

ÁUDIO EM INGLÊS:

 

 

Moderado por Louisa & Winston
Transcrição de Gica
Modulação de voz de Cobra por Steve

TRANSCRIÇÃO EM PORTUGUÊS:

Louisa: Olá a todos, bem-vindo ao Goldfish Report e eu sou a vossa anfitriã, Louisa e hoje temos outra mesa redonda de Exo-Geopolítica, continuando nossa série sob o tema “Unindo a Luz!” com o Cobra. Cobra, bem-vindo de volta ao Goldfish Report! Obrigado por se juntar a nós!

Cobra: Sim, sim, é emocionante estar aqui novamente!

Louisa: Obrigado! E, claro, um convidado que regressa ao Goldfish Report, Benjamin Fulford. Bem-vindo novamente Benjamin!

Benjamin: Sim, obrigado por me receber novamente!

Louisa: … e, é claro, pronto para o combate de hoje como convidado e co-anfitrião temos o nosso amigo, o nosso americano apalache … Winston Shrout. Como está, Winston?

Winston: Sim, ok, é muito cedo aqui, são 3 da manhã, então eu estou meio atordoado, mas estou pronto.

Louisa: Aqui também são 5 da manhã… Hoje vamos começar por… bem, vamos ver, Cobra acabou de dar uma entrevista que foi publicada ontem sobre muitos tópicos, muitas perguntas sobre isto e, claro, Benjamin também acabou de publicar o seu relatório mais recente esta semana e acho que vamos começar por uma questão importante para todos. Toda a comunidade do Trabalhadores da Luz fica muito, eu diria, consternada pela realidade desses dois ataques de bandeiras falsas, desses ataques nos Estados Unidos para manipularem a narrativa e orientarem agendas, claramente não para os melhores interesses dos americanos. Eu queria pedir tanto a Cobra quanto a Benjamin para começarem e acho que vou deixar o Cobra falar primeiro visto que na outra entrevista foi o Benjamin que falou primeiro. Cobra, que controla o grupo de interesse que está por detrás disto como por exemplo “O movimento feminino Lib (libertação) [The women Lib (liberation) movement]”. Sabemos que esse é um projecto financiado pelos Rockefeller, baseado na entrevista de Aron Russo sobre Nicolas Rockefeller e ele explicou como todo esse movimento feminista foi projectado para alimentar outras agendas. Então, quem é que está realmente por detrás disso e saberão eles que há uma comunidade de pessoas a despertarem? Então, quem está por detrás disso e como funciona?

Cobra: Essencialmente, o controlo real desse grupo de despertar não está no plano físico. A rede de controlo básico está no plano do plasma, e eu falei muito sobre isso no passado, sobre as armas escalares plasma, sobre a rede de arcontes nos planos não físicos.

Benjamin: Sabe, Cobra e eu falamos sobre a mesma coisa mas usamos diferentes terminologias e conceitos. É como se um estivesse a falar sobre o Deus da Chuva e o outro a falar sobre as Nuvens de Strato-Cúmulos, mas eles realmente descrevem o mesmo apesar de usarem linguagens diferentes pelo que, então, sabe ao nível em que trabalho o que vejo é que a informação está a ser revelada de uma forma que não era possível antes e que está a causar uma mudança na… naquilo a que eu chamo de esfera nula, que é como a atmosfera mental, é o pensamento colectivo da Humanidade sobre o que fazer no futuro e não mais… as pessoas que aspiravam por um certo cenário estão a perder o controlo graças à nova imprensa de Gutenberg que é a internet e graças a, eu acredito, aos asiáticos que explicam aos ocidentais sobre eles os veem e então os ocidentais dizem “oh meu Deus, eles veem-nos como escravos? E sabe o que quero dizer, é um processo complexo mas, essencialmente é um processo psicológico de decidir o que fazemos no futuro e, nesse sentido, podemos dizer que está em num plano não físico e se quiser chamar a isso plasma, isso provavelmente está de acordo com o que a Física tem a dizer sobre isso.

Louisa: Bem, concordaria que, obviamente, o que acabou de dizer é que a internet está  a ter um enorme impacto, pelo que então crê que eles já sabiam disso e que [a cabala] estaria por aí a controlar essa oposição porque eu acho que foi Lenin quem disse que “a melhor forma de controlar a oposição é liderá-la” pelo que, então, não deixando nenhuma pedra no lugar, o que geralmente acontece. Quem lidera a oposição aqui? Pode identificá-los, qualquer um?

Benjamin: Eu acho que há um grupo de pessoas que estão a desempenhar papéis. Não é como no passado onde apenas matar um Martin Luther King ou um Kennedy poderia impedir as coisas de acontecer. Somos demasiados agora, e seria difícil pressionar todos ao mesmo tempo para dizer o que, sabe, às vezes a situação é desenhada para que mil pessoas inventem a mesma coisa quase ao mesmo tempo e é o que está a acontecer. Mas, definitivamente, as sociedades secretas da Ásia… e eles desempenham um grande papel e acho que as pessoas que começaram a perceber o 11 de Setembro, como Thierry Meyssan, e que ajudaram a iniciar esse processo, muitas pessoas no exército dos EUA que ficaram transtornadas desde o incindente com o USS Liberty em 1967 estão por detrás disso. São muitas pessoas por isso acho que é uma coisa coletiva.

Louisa: Winston, tem algum comentário ou uma boa pergunta?

Winston: Não. Estou feliz em ouvir, quero dizer, não preciso de contribuir agora. Para dizer a verdade continue com o Benjamin e o Cobra.

Louisa: Ok! Uma das razões pelas quais eu estou a perguntar é porque há alguma confusão sobre a reavaliação global das moedas, algo em que Winston pode realmente contribuir muito nesta conversa. Então, ontem eu estava a ler a nova entrevista ao Cobra em que a Lynn fez um trabalho maravilhoso, ela é tão adorável, ela fez um excelente trabalho com todas as suas maravilhosas perguntas e, Cobra, comentou sobre esta reavaliação global das moedas [RV], especificamente essa RV, as taxas de câmbio das moedas e eu acho que ainda há alguma confusão sobre isso, e eu sei que Benjamin falou sobre isso na sua última actualização também, e esse é definitivamente um acordo que vai ser uma redefinição global das moedas, mas exactamente como isso vai acontecer é pouco claro. Afirmou, Cobra, no seu artigo, que não ia acontecer … que havia algum mal entendido, talvez sobre a RV. Quer esclarecer o que disse?

Cobra: Sim, ok, eu posso… Eu não sei exactamente qual o artigo a que se está a referir, mas eu posso esclarecer alguns mal-entendidos aqui, porque estão demasiado difundidos. Muitas pessoas falam ampla e optimisticamente sobre a RV como a reavaliação de certas moedas em particular. Mas eu estou a falar de outra coisa. O reset financeiro não é a reavaliação de certas moedas em particular, como o dólar do Zimbabwe, o dong do Vietname ou o dinar iraquiano, mas sim uma reestruturação global do sistema financeiro. Agora ainda estamos a operar sob os acordos de Bretton Woods, de modo que todo o sistema financeiro planetário do planeta está estruturado de forma a beneficiar a cabala. A forma como o dinheiro é transferido a forma como os bancos operam é estruturada propositadamente de uma forma que não beneficia a Humanidade. Assim sendo as Forças da Luz estão a trabalhar nos bastidores já desde há muitos anos e eu sei que o Benjamin sabe muito sobre isso porque ele está directamente envolvido em algumas dessas coisas… mas é uma infraestrutura financeira alternativa que está a ser construída neste momento, globalmente e em muitos países por todo o mundo, e isto em preparação para a reestruturação do sistema financeiro. Não se trata apenas de reavaliar certas moedas mas sim de colocar todo o sistema financeiro assente numa nova base. Esta base tem poucos elementos mas um desses elementos é que será parcialmente garantida por ouro, porque o sistema financeiro precisa ter uma âncora física… e os desenvolvimentos recentes são sobre as criptomoedas e eu irei falar sobre as criptomoedas mais a frente na entrevista, acho que… com certeza vamos entrar nesse tema.

Louisa: Eu também quero!

Cobra: Mas o que eu estou a dizer é que todo o sistema bancário é uma rede informática e esta rede de computadores está nas mãos da cabal. O sistema SWIFT, como uma forma de transferir dinheiro, está completamente sob controlo dessa rede. Nesse capítulo, origina… os principais computadores que gerem as transacções estão em Nova Iorque na sede do JP Morgan e o Movimento de Resistência colocou um vírus nessa rede de computadores e eles podem desligá-lo, e quando eles o fizerem, no momento do Evento, as Forças da Luz assumirão o controlo de todo o sistema financeiro simultaneamente, e então os bancos serão encerrados durante uma semana, ou algo assim…. e quando o novo sistema entrar online cumprirá as novas regras que nós iremos ditar, não as da cabala. Então, esta é a ideia básica e, é claro, há muitos detalhes acerca disso que podemos discutir durante esta entrevista.

Louisa: Ok! Obrigado, Cobra! Benjamin siga. Quer comentar sobre isso?

Benjamin: Sim, é verdade que há muitos vigaristas a venderem moeda do Zimbábue e as moedas iraquianas e vietnamitas, a dizerem que vai lucrar triliões de vezes mais. As minhas próprias fontes disseram que os Bush estavam por detrás do engodo do dinar iraquiano e então eu posso dizer que muitas pessoas no exército dos EUA e as agências governamentais, muitas pessoas muito poderosas caíram nesse engodo e tudo o que eu posso dizer a essas pessoas é que tentaremos compensá-los pelas suas, sabe… Mas não da… não da forma como os vigaristas afirma, mas pelo a tentarem recuperar o dinheiro desses vigaristas, quando isso tudo terminar mas, como diz o Cobra, isto não se resume às moedas. É acerca de todo o sistema que tem a ver realmente com o processo de decidir o que nós, como espécie no futuro e conhece, por exemplo, o projecto americano para um novo século XXI, certo? Escrito pelos neoconservadores, falando sobre guerras e invasão do Médio Oriente, petróleo e utilização de armas biológicas, e então depois temos os asiáticos que dizem: “vamos construir estradas, pontes, universidades e reservas naturais”. Pelo que, qual é que escolheria, ?.. E, então, o … e a outra coisa é ter, sabe, depois de ter iniciado meu primeiro trabalho como repórter, cobrindo os temas sobre o Banco do Japão, sabe, há mais de 30 anos atrás, olhei para isso durante muito tempo e trabalhei para sair do sistema para descobrir quem estava no comando e, acima das famílias reais, temos esse grupo de pessoas que estavam literalmente a tentar criar artificialmente o Armagedão, a matar 90 % da humanidade e escravizarem o resto. Isso é algo sobre o qual eu apresentei provas às várias autoridades e, os sionistas, são os fanáticos religiosos que tentaram levar-nos por esse caminho e quase conseguiram, eles estiveram muito perto mas, felizmente, eles foram derrotados e estamos realmente a lidar com uma acção de retaguarda. Sempre que eles tentam começar a 3.ª Guerra Mundial são parados e eles simplesmente… isso não vai acontecer e haverá algo de última hora que eles vão inventar com certeza e que será em lugares como a Ucrânia. Eles falharam em conseguir alguma coisa com o Irão, estão a falhar com a Coreia do Norte e, sabe, vai haver bagunça mas eles perderam, esse é o ponto a reter. E, no entanto, mesmo esses ataques de bandeira falsa, bem, como os de Las Vegas, não são como os do passado onde todos cidadão dos Estados Unidos diriam, sabe, vamos invadir a Síria e matar o Estado Islâmico porque eles é que perpretaram o ataque de Las Vegas. É mais como as pessoas irem descobrindo em tempo real que “hey, este é um show do FBI, está cheio de contradições”… por outras palavras as suas velhas ferramentas de controlo estão a falhar e eles estão assustados, muito assustados . Eu vi, não escutei todo o discurso George Bush jr. O discurso que ele fez, e eu apenas olhei um pouco para o rosto dele e percebi que aquele homem está muito, muito assustado e por uma boa razão.

Louisa: Bem, sabe, tem tudo a ver com as escolhas que fazemos não é? Winston, quer acrescentar algo? Porque acho que tem uma outra perspectiva sobre esta reavaliação, redefinição global das moedas.

Winston: Bem, sim, o que eu quero acrescentar é, e as indicações são e, novamente, eu estou envolvido em algumas coisas internacionais, com o Office of International Treasury Control [Departamento Internacional de Controlo do Tesouro], e eu sou um oficial disso e o que Cobra disse, acredito que está correcto, mas precisa de algumaas actualizações. Eu acho que estamos a caminhar para o Evento e creio que, com as devidas correcções, talvez até estejamos mais adiantes do que ele esteja ciente. Por exemplo, o sistema SWIFT está quase de saída, os chineses disponibilizam o novo sistema CIPS que será muito mais compatível com as transferências internacionais e todo esse tipo de coisas, e também… Eu acho que foi o… no último ano, por altura do Natal, a Indonésia fez o que o chamado Swiss Indo, que foi basicamente uma situação de mini-Gesara, e a razão pela qual a Indonésia pôde fazer isso é porque é onde o M1 vive e ele o autorizou, e eu não estou contra isso. Eu realmente sou muito favorável a isso, e não consigo acreditar porque é que os planos estão tão atrasado mas, de qualquer forma sim, a Indonésia e sob a autoridade do M1, de facto, instituiu algo muito parecido com o reset financeiro. Então, creio que talvez, talvez estejamos um pouco mais adiantados.

Benjamin: Tenho um… Tenho um e-mail de uma fonte da CIA na Indonésia e a sua fonte é alguém que esteve directamente envolvido no massacre de cerca de um milhão de indonésios e na substituição do Sokarno pela linha dura. Por outras palavras, removendo o M1 original e substituindo-o pelo Sohartno. Então esta é uma fonte e o e-mail enviado da fonte parecia quase um deleite. O que eles estavam a dizer é que a Bitcoin foi criado pelas agências de inteligência e que eles têm uma porta traseira para aceder a ela e eles vão esvaziá-la (Winston – isso é verdade) um dia ok. Nalgum ponto eles vão desligar todos os computadores financeiros e apenas zerar tudo.

Winston: Não.

Benjamin: Tudo vai ser zerado. Estou apenas a transmitir o que o que essa fonte me enviou no e-mail e essa fonte está no Texas, é tudo o que eu sei e não sei o nome dele, mas ele está definitivamente na agência mas não necessariamente com os chapéus brancos . Ok?

Winston: Não, ele não é.

Louisa: Quer dizer, esse é o grande risco, porém, com estas criptomoedas, sabe, e esta é uma guerra completamente diferente quero dizer, se realmente quer paralisar seu inimigo, simplesmente paralisa… sabe, toda a economia, electronicamente, sabe, e financeiramente. Então, essa é a minha maior preocupação que… sabe, estamos a depositar a nossa confiança nas mãos de pessoas em quem nós já não confiamos pelo que, então, como podemos realmente confiar que isso vai acontecer.

Benjamin: Bem, sabe, já aconteceu em Porto Rico, acho que eles desligaram… não houve nenhum furacão e o que aconteceu foi… eles entraram em incumprimento e eles conseguiram cortar o sistema de dinheiro electrónico e acho que eles enviaram um navio ou um avião cheio de notas e coisas, e acho que… Não tenho certeza, eu gostaria, eu adoraria estar lá para ver e assistir mas sabe, no final do dia, as pessoas vão usar recibos de pagamento e coisas escritas à mão e continuarão a orar e continuarão a fazer crescer coisas e outras coisas ainda assim.

Sabe, se eles desligarem todos os computadores adivinhem, podemos viver sem eles se tiver que ser. Quero dizer, foi o que nós fizemos durante a maior parte de nossa história.

Louisa: Ok! Então, vamos apenas abordar o tema do sector financeiro. Alguém tem algum comentário agora, sobre qualquer coisa que alguém tenha dito até agora. Cobra, quer comentar qualquer coisa que alguém tivesse dito?

Cobra: Sim, sobre as criptomoedas. Basicamente, a maioria da comunicação entre computadores computador é feita nos sistemas operativos do Windows e sabemos que os sistemas operativos Windows têm uma porta traseira para as pessoas menos bem intencionadas na NSA e o seu plano é… um dos planos alternativos deles é mudar o sistema para a bitcoin e depois esvaziar a bitcoin. Mesmo que tenha transações de cadeias de blocos que cheguem a muitos computadores, eu diria que a maioria desses computadores tem uma porta traseira e é muito fácil para a rede de computadores centralizada assumir o controlo de tudo. Assim sendo eu seria extremamente cuidadoso com as criptomoedas e o Movimento de Resistência é fortemente contra as criptomoedas como parte do novo sistema, por esse motivo em particular.

Louisa: Ok! Cobra Claro, quando o Evento acontecer, eles poderão reassumir o controlo da totalidade do sistema novamente mas, entretanto, existe uma possibilidade real de que todos passarem por momentos muito stressantes quando perderem todo o seu dinheiro sem saberem se vão poder  recuperá-lo. Ok, no seu… no livro “O Evento [The Event]”, indentificou as etapas que antecedem o Evento e o que imediatamente se seguirá. Fez o que podia Cobra, e eu sei que tem tentado preparar as pessoas para elas anteciparem isso e tentarem-se preparar… esteja preparado para quando isso acontecer. E é muito difícil estar num estado de vigília permanente e, sabe, por um período de tempo indefinido, porque não temos a menor ideia do quanto estamos próximo… mas, como já falamos antes, na nossa última entrevista, é muito claro que os seus dias [da cabala] estão contados e eles deviam apenas procurar a verdade e a reconciliação para salvarem o que puderem. Mas ao que parece eles estão a ter uma atitude de terra queimada. Sabe onde quero chegar?

Cobra: Sim, infelizmente sim, mas claro estamos cada vez mais perto, isso está a demorar mais do que alguém antecipou e é possível observar progressos mas os progresso não são medidos em dias, mas sim em meses e anos infelizmente, mas estamos a chegar lá!

Benjamin: Pelo que eu pude perceber essa é a principal diferença entre o que acontecia antes, é que realmente somos capazes de identificar indivíduos específicos, como aqui no Japão, onde eu actuo por exemplo, eu sei exactamente quem são essas pessoas, não é mais um segredo. Eu sei quem é esse tal de Richard Armitage e também Gerald Curtis, chefe da CIA aqui, sabemos quem são essas pessoas agora e isso significa que eles não estão mais escondidos pelo secretismo pelo que então eles tornaram-se muito vulneráveis ​​e se eles estão a cometer crimes de repente, sabe, eles já não estão mais acima da lei e… chegou ao ponto em que já não estamos simplesmente furiosos com a cabala secreta e ou inseguros por não sabermos quem são. Nós agora sabemos exactamente quem são, nós sabemos onde estão e eles estão a desaparecer, um por um.

Winston: Sim!

Louisa: Ok, então esta recente acusação e detenção de Harvey Weinstein é um bom exemplo disso e eu sei que falou sobre isso na sua última actualização Benjamin. Estes são as hierarquias mais baixas, que próximos passos vê a serem dados, quem é o próximo?

Benjamin: Aqui temos algo sobre o qual temos que estar realmente vigilantes, porque eles com a edição de imagem em computador agora podem fazer vídeos muito realistas de pessoas, sabe. Por exemplo disseram-me há seis meses que George Soros foi morto e eles ainda apresentaram imagens de declarações feitas ele, mas a sua família anunciou que eles, sabe, que os seus cinco filhos vão dividir a sua herança entre eles e, sabe, eles ainda estão a fingir que ele está vivo e até divulgaram um vídeo com imagem edita a computador dele em Davos. Sabe, eles tentam fingir que está tudo bem e que muitas pessoas ainda andam por aí que não é esse o caso. Ouvi dizer que Bill Clinton morreu de SIDA e é difícil de saber, mas o importante é que devemos… eles estão a tentar fazer com tudo pareça normal mas têm que dar conhecimento quando alguém deixa de aparecer, quando alguém deles sai de cena, e para evitar isso eles usam sósias mas temos que fazer com que todos saibam que não estão acima da Lei e que eles foram abatidos e isso está a acontecer, muitos nomes grandes, alguns… sabe, David Rockefeller foi anunciado, Brzezinski foi anunciado, e muitos dos nomes foram divulgados. Eu não vi Bill Gates recentemente, a último vez que o vi andava por aí a anunciar que ia matar, sabe, milhões de pessoas, literalmente literalmente a afirmar que esse vírus ia matar dezenas de milhões. Para mim ele foi um deleite e ele deixou de aparecer publicamente desde então. Não sei se ele ainda está por perto. Mas, é claro, muitos dos grandes nomes já saíram de cena.

Winston: Sim!

Louisa: Bem, Gorge Soros. Cobra, o que sabe sobre George Sorors? Pode confirmar isso?

Cobra: Não posso confirmar que ele morreu, mas eu diria que mesmo que isso não tenha acontecido todas essas pessoas estão agora muito assustadas porque sabem que acabou. Eles sabem, eles sabem e… pela sua composição psicológica eles não querem negociar, eles não querem render-se, embora fosse mais fácil para eles.

Louisa: Ok. Então, eles definitivamente estão a optar pela política da terra queimada. E sobre a transição para o N.E.S.A.R.A? Está famialirizado com?.. Sim, está Benjamin. O que sabe sobre isso?

Benjamin: Bem, o que eu sei sobre o NESARA é que começou como uma boa ideia e uma proposta e depois foi manipulada e usada como um grande isco e engodo durante um longo período de tempo e nunca houve uma lei NESARA aprovada mas, algo semelhante ao NESARA vai acontecer, é o meu entendimento resumidamente.

Louisa: Winston, quer comentar isso?

Winston: Sim, o que Benjamin disse é verdade e, quanto aos vigaristas, durante muito tempo tivemos, e eu não vou mencionar nomes, mas tivemos alguém que se tornou muito popular, uma senhora que veiculava todo o tipo de aldrabices e sim, isso foi uma vigarice, de facto, e ela tentou enganar alguns dos meus amigos e um deles disse-lhe…

Benjamin: Ela tentou extorquir-me cem mil dólares que eu não tenho, aha!

Winston: Ele explicou-lhe que lhe metia uma bala entre os olhos dela se ela não parasse. Porque infelizmente, para ela, ele também era um assassino de renome mundial e ela realmente escolheu o tipo errado para conviver e ele disse-lhe “está à procura da bala entre os seus olhos… E então ela afastou-se dele. Mas, além dela, quero dizer, se olhar para trás para a história das reivindicações dos agricultores e processos contra o estado e todas as coisas que aconteceram com o Schwassinger e todas essas pessoas, sim… e mais as coisas que evitaram a implementação do NESARA e assim por diante então a minha opinião é que o NESARA ainda está operacional e funcional.

Louisa: E então e a contraparte, o G.E.S.A.R.A, que é mais à escala global? Isso é idealista, demasiado idealista?

Winston: Não, de modo algum. O SWISSINDO era isso, era o G.E.S.A.R.A. Embora eles não tenham usado todos os componentes que vemos no G.E.S.A.R.A e N.E.S.A.R.A e assim por diante… novamente eles fizeram isso sob a autoridade do M1 e sim, Sukarno era o M1, mas depois dele sair alguém tomou o seu lugar. E eu não sei o nome dele, perguntei a Keith Scott que conhece, o chefe do gabinete do Departamento Internacional de Controlo do Tesouro sobre o M1, e ele disse e eu sei porque eu falo ao telefone com ele todas as semanas, e eu perguntei quem é que era e ele respondeu que não era da minha conta! Então eu acabei por me afastar e disse-lhe que havia realmente um M1 designado e operacional e que ele vive na Indonésia.

Louisa: Ok. Então, mas definitivamente existe uma componente espiritual subjacente a isto?

Winston: Nós discutimos isso em programas anteriores que fizemos juntos, em relação ao porquê da Humanidade, e talvez eu comece pelo Cobra acerca disto, porque é que a Humanidade precisa de uma transição através da redefinição do sistema financeiro? Porque é que isto faz parte desta transição neste momento?

Cobra: É muito óbvio porque a maioria dos humanos está a viver na pobreza agora e eles precisam de ajuda para ter os modelos físicos, o meio físico através do qual eles podem então evoluir espiritualmente. Se as pessoas estão com fome e a lutarem pela sobrevivência, elas não podem evoluir. Primeiro, a Humanidade precisa receber essa assistência, assistência financeira e assistência física com o reset financeiro, as novas tecnologias s, para começar a andar pelos seus próprios pés e então as pessoas ficarão naturalmente interessadas no crescimento espiritual. Actualmente há uma pequena percentagem de pessoas que até se preocupam com o crescimento espiritual, porque o resto está tão focado em lutar pela sobrevivência. Então essa é a razão pela qual tudo isso está a acontecer e pela qual precisamos de uma redefinição do sistema financeiro.

Benjamin: Outro será, naturalmente, pela forma como o sistema está configurado agora a natureza não tem valor e estamos eliminar a vida nesta terra a um ritmo não visto desde que os dinossauros foram extintos, e isso está a acelerar e é o chamado “Aquecimento Global” ou algo assim, o queimar as florestas tropicais virgens e a sobrepesca e coisas assim. Temos de ter uma abordagem planetária para esses problemas para pôr um fim a eles, de uma vez por todas. Temos de começar a reconstruir o ecossistema deste planeta e acabar com a pobreza, e ambos podem ser feitos ao mesmo tempo.

Sabe, eu originalmente estive envolvido em todas essas coisas, porque a ONU disse que, se… se ler o relatório, o relatório do Milénio, diz que, com dois biliões de dólares poderíamos acabar com a pobreza e com quatrocentos biliões poderíamos acabar com a destruição ambiental e eu disse, oi, o Japão ganhou sete triliões de dólares, eles podem fazer isso. E depois eu começava a explicar os funcionários do governo japonês que eles deveriam fazer isso e eles disseram “o que quer dizer com isso, que eles estão a assassinar-nos? Nós não podemos controlar isso”. E eu disse “o quê!?”, e eles responderam, “bem, os Anciões de Sião, …”. “O quê?!..” Mas acabou por ser verdade, sabe, é uma insanidade mas, sabe, essa não é a forma como gerimos o planeta.

Winston: Deixe-me acrescentar uma coisa. Quero acrescentar algo mais.

Louisa: vá em frente.

Winston: Em relação ao que se chama de reavaliação das moedas, sim! Estava e estou ciente dessa operação que aconteceu em Reno, sim, aconteceu mesmo, mas uma das coisas que as pessoas têm que ter em conta é que uma das consequências daquilo que aí aconteceu foi a destruição do petrodólar. Agora, quando eu percebi que isso estava a acontecer, que a forma como eles iam destruír o petrodólar pelo consumidor, ou seja, quando nos livrarmos dos motores que queimam gasolina e assim por diante, quando passarmos a usar carros eléctricos ou outras fontes de combustível em vez do petróleo a destruição do petrodólar será realmente orientada pelo consumidor. Então, sim, é a sério, está realmente a acontecer, nós podemos observar isso, eu vejo isso!

Benjamin: Mas aqui está uma coisa sobre a qual, sabe, eu tive uma espécie de mudança de perspectiva, parcialmente, sobre os combustíveis fósseis, porque a vida no planeta Terra é baseada no carbono, certo? E os combustíveis fósseis produzem duas coisas em grandes quantidades: energia e carbono. Dessa forma, eu acredito que precisamos criar um sistema onde todos estes hidrocarbonetos se transformam em criaturas vivas, num aumento da biomassa neste planeta, certo? Fazer coisas como tornar os desertos verdes, transformar a Antartida numa floresta e todo esse tipo de coisas, construir ecossistemas flutuantes. Sabe, isso é algo que podemos fazer, gostaríamos de transformar este planeta nu Paraíso e assim… esses combustíveis fósseis proporcionariam blocos de construção valiosos para isso. Mas sim, não devemos ter gases de carros sujos nas grandes cidades, sabe, deviam ser eléctricos, mas acho que os hidrocarbonetos terão um grande papel a desempenhar no futuro, embora não estivess acostumado a pensar dessa forma.

Winston: Deixe-me comentar isso, até porque eu queria saber a opinião do Cobra sobre isso, e sim, estamos presos ao carbono neste momento mas, quando passarmos por essas mudanças, lenta mas seguramente, caminharemos para as tecnologias baseadas nas formas cristalinas com o nosso corpo físico. Eu gostaria de ouvir o comentário do Cobra sobre isso.

Cobra: Essencialmente o que vai acontecer é que os corpos físicos são necessários antes da Ascensão e antes do processo da Ascensão são baseados em carbono. Após a Ascensão não existirá mais um corpo físico, mas sim um holograma, uma projecção holográfica que poderá criar com sua vontade para que outros possam vê-lo, mas não terá mais um corpo físico após a Ascensão. É uma realidade completamente nova. E em relação ao carbono… os combustíveis fósseis… haverão novas tecnologias que serão lançadas após o Evento e a necessidade de combustíveis de carbono cairá drasticamente, por isso é uma tecnologia desactualizada que foi promovida pelos Rothschild nos últimos 100 anos porque eles queriam… era a sua galinha dos ovos de ouro [dinheiro] e eles estavam apenas a ganhar dinheiro com isso e agora… acho que é hora de seguir em frente.

Winston: SIIIMM!

Cobra: Após cem anos de automóveis com motores de combustão interna creio que é hora de seguir em frente, não com carros eléctricos, mas podemos ter bonitos veículos voadores com energia fornecida por geradores de energia ilimitada.

Louisa: Excelente, e sabe, recentemente houve… bem, vamos falar sobre a Ascensão. Cobra, realmente disse algo que pode assustar muitas pessoas, não é como se já não tivesse dito antes, mas para os recém-chegados, e há pessoas a Despertarem a todos os instantes e eu estou sempre a tentar ser cuidadosa com isso, com aqueles que possam sempre estar a ver isto pela primeira vez mas também a tentar dar às pessoas, aos nossos espectadores habituais, mais informações, mas essa ideia de nós não termos um corpo físico, algumas pessoas traduzem isso como morte e eu sei que não existe morte, mas eu não sei se posso realmente comunicar isso dessa forma… pode explicar essa transição? O que realmente acontecerá, ao nosso corpo? O nosso corpo físico vai morrer?

Cobra: Não, não, não, não, ninguém vai morrer, não, não. A Ascensão é apenas para aqueles que querem transcender toda a realidade da terceira dimensão e eles, é claro… a sua Consciência estará tão avançada que eles não precisaráão mais de um corpo físico. Claro, eles serão capazes de criar um holograma para que outros vejam o seu corpo físico, mas ninguém precisa de morrer para passar por esse processo, e não se trata de mortes em massa ou um processo de extinção em massa, é algo completamente diferente.

Louisa: Ok, o que está a acontecer com o corpo físico?

Cobra: O corpo físico transforma-se, a matéria física pode desintegrar-se, na verdade pode… Ascende, transmuta-se para a Luz pura quando ascende.

Benjamin: Eu não estou muito por dentro desse tema da Ascensão, mas posso dizer o que eu sei, como ciência e coisas desse género, de que temos conhecimento suficiente sobre o nosso DNA e que, sabe, podemos ser capazes de ser imortais com os corpos que temos agora e também temos a capacidade de começarmos a transformar os nossos corpos físicos para termos superpoderes como os olhos de águia com uma visão tão boa quanto as águias, podemos começar a crear reservas ecológicas para os golfinhos ou seja, através desta tecnologia genética, a capacidade de nos tornarmos imortais nesta Terra tridimensional com estes corpos à base de carbono e, eventualmente, poderá levar a um processo como o Cobra descreve, e também existem pessoas que estão, eles estão realmente a construir coisas que permitirão à sua mente fundir-se verdadeiramente com um computador podem realmente se fundir, e muitas pessoas provavelmente só vivem on-line e tornaram-se digitais e vivem, sabe, num mundo de fantasia na dimensão do silício, mas muitos de nós ficaremos em carbono e com corpos de carbono, e manteremos corpos de carbono durante milhares de anos. Eu acho que… Eu pessoalmente vou tentar manter-me essa realidade particular e neste corpo de carbono em particular, e eu quero tentar tornar-me imortal a este nível, porque é o que eu sei com certeza pela minha experiência no quotidiano, é que ela é real.

Cobra: Ok, tenho um comentário aqui. Uma coisa da qualtemos de estar cientes é dos chamados profetas Inteligência Artificial [IA] que pretendem criar uma singularidade, que é o Benjamin estava exactamente a descrever. Eles querem criar um corpo físico imortal que esteja ligado a uma máquina, fechado numa rede, e então poderiam criar uma rede computacional de nuvem de IA que controlaria a mente de todos os que estivessem ligados a essa nuvem, e esse era exactamente é o plano dos arcontes. Mas não acontecerá é claro, não será bem-sucedido .

Benjamin: Eu não vou, pessoalmente, ligar-me a essa esfera, mas eu conheço muitas pessoas que passam todo o seu tempo em jogos de multijogadores, sabe… há muitas pessoas vão votar nisso, eu não sou um deles.

Cobra: Sim, eu sei, eu sei, mas as Forças da Luz estão a tentar evitar isso, e não há só um corpo físico. O corpo físico, orgânico e baseado em carbono não pode tornar-se imortal pela tecnologia, mas pode se tornar-se imortal através da prática espiritual e, na verdade, há um grupo secreto que vive num local da China, eu não direi a localização exacta, mas é no subsolo em cavernas subterrâneas, e que têm o mesmo corpo há 25.000 anos. São um grupo de 13 pessoas e eles têm o mesmo corpo desde então e mantêm esse corpo nessa condição graças às práticas espirituais. Eles não têm tecnologias, têm cristais, não possuem tecnologias avançadas do tipo I.A., mas mantêm o mesmo corpo há 25 mil anos.

Louisa: Temos que ter cuidado com esta agenda transhumanista porque nós não queremos tornar-nos numa espécie de cyborgs, sabe? E penso que, as crianças de hoje, as pessoas que andam por aí, sabe, existem sátiras por toda a internet sobre as pessoas que se alienam, ligadas a esses dispositivos, a esses nanobots que interagem com o plasma nas telas das TVs. É simplesmente assustador porque as pessoas não saem e passam mais tempo na natureza.

Benjamin: Eu pessoalmente não estou muito ligado a computadores, dessa forma, mas eu gostaria, quero dizer, quando eu tinha 18 anos, eu poderia correr 24 quilómetros por dia através das montanhas carregando coisas pesadas, sabe, e eu não posso fazer isso agora. Eu gostaria de ter esse corpo de volta.

Winston: E não gostaríamos todos?

Benjamin: Ah, sim! Bem, esse é o tipo de coisas das quais eu estou a falar de termos o novo sistema financeiro em que poderemos financiar a pesquisa para tornar isso possível, sabe?

Louisa: Muito bom Winston. Gostaria de comentar isso? Porque eu sei que estava a falar… agora, houve uma pequena confusão, acho que foi na última entrevista do Cobra com o Preparem-se para a Mudança que ele falou sobre esse ADN de 24 filamentos e eu acho existe uma pequena confusão sobre isso pelo que, então, podia esclarecer isso?

Winston: Não, eu não quero comentar sobre esse assunto em particular, mas o que eu vou comentar é o facto de que as Almas surgem neste planeta para terem experiências diferentes e eles contratualizaram essas experiências e alguns vieram porque querem e precisam de uma experiência de terceira dimensão e estão com o contrato que assinaram para isso mesmo. Então, nalgum momento, sabe, e o Cobra mencionou o corpo espiritual versus o corpo físico na terceira dimensão, como o que Benjamin falou, e haverá uma segregação para aqueles que contrataram uma experiência de terceira dimensão, e eles terão isso, as condições serão certamente muito melhores do que são actualmente, mas para aqueles que entrarem numa frequência mais elevada, como as frequências da 5ª dimensão, acho que será como o Cobra diz quando ele fala sobre o corpo de Luz ou o corpo espiritual, e tem de haver uma segregação, mas, tal como ele mencionou, esse corpo espiritual pode manifestar-se e nós temos muitos dos Mestres Ascensos a fazerem isso mesmo de vez em quando. Por exemplo, St. Germain faz isso regularmente e acho que Kuan Yin e alguns desses fazem o mesmo. Então, novamente, sabe, a minha posição é que com o Evento e todo esse tipo de coisas haverá uma segregação daqueles que assinaram contratos para uma experiência física versus aqueles que estão a mover-se para dimensões maiores e diferentes. Penso que isto resume a minha posição sobre isso.

Louisa: Obrigado, Winston. Cobra, quer comentar isto?

Cobra: Eu concordaria com isso sim. Eu diria que apenas uma pequena percentagem de pessoas que vivem neste planeta passará por um processo de Ascensão total num futuro próximo. A grande maioria permanecerá na realidade física, de corpos físicos baseados em carbono, embora com muitas outras opções, sem as acções da cabala, sem pobreza, com novas tecnologias avançadas e, como Benjamin mencionou, haverão tecnologias que poderão melhorar as capacidades do seu corpo físico, mas não de uma forma, mas com mais máquinas que possuem tecnologia combinada com a espiritualidade, que podem melhorar a estrutura das células para que elas possam replicar-se melhor, órgãos que podem ser mais eficientes, coisas desse género. Não será uma fusão entre o corpo e a máquina, será apenas a máquina que tornará o corpo mais eficiente com base na tecnologia espiritual.

Louisa: Mas sabe, Winston, nós temos e eu acho que a Cobra estava aqui também quando falamos com Randy Cramer sobre essa tecnologia que foi usada. Randy Cramer, um supersoldado que trabalhou em Marte, e ele tinha a tecnologia, falou sobre essa tecnologia para regenerar membros do corpo. Quero dizer, a tecnologia existe e não acho que precisamos fazer pesquisas, acho que só precisamos de ter acesso a ela.

Winston: Sim, o Randy tem experiências que relatam… e não são só membros, eles disseram-me que que podiam criar um holograma a partir de qualquer partícula viva e depois, sabe, recriar esse corpo físico e depois desenhar os elementos para realmente substituirem e reconstruirem esse corpo. Pelo que então, sim, essa tecnologia já a temos, é compreendida, foi descoberta ao longo tempo e então, sim, essas coisas são possíveis.

Benjamin: Sabe… quando pesquisava isso encontrei muitas pessoas que têm memórias, sabe, de experiências nesta vida que são muito diferentes das minhas, como quando o Cobra me disse que uma vez andou num comboio em túnel de vácuo que vai de Londres a Nova Iorque numa hora, e outras pessoas que dizem que vieram até mim e disseram-me que estão a trabalhar na terraformação de Marte. São muitas histórias diferentes. Outro indivíduo disse-me que estava a trabalhar na Lua. Tirando isso, sabe, eles parecem mentalmente saudáveis. Certamente, eu não tive esse tipo de experiências, mas parece que estão a surgir muitas pessoas com muitas experiências de vida diferentes, neste momento, porque estamos a aproximar-nos de algum tipo de evento limite, é uma espécie de esperma que fertiliza o tipo de ovo que vai produzir o que veremos neste planeta. Vai ser um tipo de coisa equivalente à explosão de vida cambriana que vai acontecer. Eu pressinto que será isso.

Winston: SIIIMM!

Benjamin: E acho que é muito, muito importante que tenhamos as condições iniciais correctas, porque tudo o que acontecerá vai tornar-se um trilião de vezes maior e, assim, se for mau, será triliões de vezes pior. Dessa forma temos de entender, e isso é o que estamos a tentar configurar agora e é por isso que eu me concentro na terceira dimensão, nas melhores práticas que são feitas neste planeta, tal como existe agora, coisas como a forma como Singapura gere o governo e como deveremos ter algo baseado nisso para o Ocidente. Todo o tipo de coisas porque o objectivo inicial era que todos nós viéssemos para cá para definir tudo isso e terá, eu acredito, ramificações incríveis, possivelmente nos próximos triliões de anos. É como se soubesse… as explosões cambrianas, antes da explosão cambriana, durante cerca de 3 biliões e meio de anos, a única vida na Terra que se podia observar era com o microscópio, ou o máximo que podia ver era (uma camada de sujidade) ou algo assim. De repente, apareceram todos esses seres que são triliões de vezes maiores do que um único organismo celular, surgiram do nada e acho que vamos ver uma coisa semelhante a acontecer, e podemos fazer com que aconteça, não é inantigível. Nós temos as tecnologias para que isso aconteça e é para isso que estou a trabalhar e é por isso que temos de tirar o controlo do sistema financeiro a esses satanistas assassinos, sabe, para que possamos realmente fazer isso. Pode ser feito.

Winston: Benjamin, isso está a ser feito, realmente está a ser feito, o que descreve, e nós teremos muita ajuda à medida que progredirmos se o fizeremos e assim por diante e estamos a acumular progressos para que nós possamos realmente ter o Evento do qual o Cobra fala, mas é um processo de construção, não é como ligar e desligar o interruptor da luz, é um processo de construção. E quando chegarmos a esse ponto em que seja possível esse Evento acontecer, ele acontecerá.

Benjamin: Certamente eu posso fazer isso acontecer se, como eu disse, originalmente eu queria assumir a tarefa de gerir o controlo dos activos financeiros japoneses no exterior porque isso seria dinheiro suficiente para começar, e eu sei exactamente como fazer isso mas, sabe, aqui no Japão, se conseguirmos, e eu estou a trabalhar seriamente nesse sentido, nós podemos assumir o controlo do banco do Japão, podemos começar isso aqui, e eu não estou à espera que outros tomem medidas, eu estou a fazer, estou a trabalhar em coisas desse género, sabe.

Cobra: Ok, essencialmente, alguém que aja agora pode ser o gatilho que despoleta tudo o resto, porque pode começar em qualquer lugar, é uma operação global, mas pode começar em qualquer lugar, e pode até começar no Japão e talvez Benjamin carregue no botão e fará com que comece, quem sabe.

Louisa: Exactamente, estamos no limiar mas, porém, sem fazer algo rápido, e por causa dos oceanos, do que está a acontecer na América do Sul, das praia e dos oceanos estarem a desaparecer. De acordo com o site Zetatalk, os Zetas alertaram sobre as mudanças dos pólos e todo o tipo de grandes mudanças globais, mudanças geológicas. Cobra, eu acho que disse da última vez que isso era resultado da actividade do Sol e, dessa forma, o planeta está claramente em transição e parece que está, como Benjamin destacou, a acelerar. Quer comentar Cobra?

Cobra: sim! Repare, o que está a acontecer é que nós temos os ciclos galácticos, a galáxia roda em torno dos seus eixos e também o Sol Central roda em torno dos seus próprios eixos, tem o seu próprio ciclo, e é como um batimento cardíaco em que a cerca de cada 26 mil anos há um pulso vem do centro da galáxia e agora estamos neste momento… e quando isso acontece, o Centro Galáctico envia um pulso que vai muito mais rápido do que a velocidade da Luz, por toda a galáxia, e activa a galáxia. Na realidade o plasma electrifica a galáxia e é por isso que o nosso Sol está mais activo neste momento, é por isso que todo o sistema solar está a mudar e existem civilizações muito avançadas, entre elas a Civilização Central que está dentro do Sistema Solar e que está a orientar todas essas energias e, se não o fizessem, já tínhamos tido mudanças mudanças nos polos há décadas, teríamos tido cataclismos drásticos há décadas e não haveria mais ninguém no planeta agora sem a ajuda de todas as naves do Comando Asthar a estabilizarem as placas tectónicas e a impedirem a guerra nuclear muitas vezes.

Deixe-me terminar, eu vou ser rápido. Agora, o que está a acontecer é que as forças da Luz, todas as civilizações avançadas que estão agora no nosso sistema solar estão a permitir que cada vez mais essas energias passem para que possamos passar por essa transição, porque não podemos adiá-la eternamente. Então, o que eles estão a fazer é tentarem encontrar um equilíbrio entre nós, que estamos à espera há muito tempo e o planeta e a Humanidade que precisam de se ajustar. Portanto, é sempre um equilíbrio delicado e também eles estão a guiar esta transição de uma forma que as bombas de toplet não detonem. Existem armas exóticas e as pessoas que têm contactos nas forças armadas sabem disso. A verdadeira tecnologia militar é muito mais avançada do que aquela que é conhecida publicamente… é muito mais perigosa do que armas nuclear e as Forças da Luz estão a lidar com isso e quando isso estiver resolvido acontecerá o Evento. Ok, isto era o que eu queria dizer.

Benjamin: Eu só quero, sabe, eu só tento falar sobre coisas que eu conheço directamente e certamente algo aconteceu em Fukushima, não há radiação, não tivemos um evento “pior do que Cherynobol”, mas surgiram vídeos de alguns tipo de entidades de plasma que estavam a limpar o terreno depois disso ter acontecido pelo que então, sabe, várias testemunhas oculares e o meu próprio contador geiger deixaram claro que essa tentativa de destruir o Japão falhou totalmente e essa era uma tecnologia que limpava a radiação. Eu vi isso com os meus olhos, aqui. Depois também existiram ameaças com o Monte Fuji e de fazer mais destruição no Japão, que foram validadas com milhares de terremotos na ilha de La Palma no Sul, no Sul do Atlântico e se La Palma caísse no oceano, algo que é esperado que aconteça daqui a cerca de mil anos, causará um Tsunami de Cem metros de altura na Costa Leste dos EUA. Assim sendo alguma entidade deve ter conseguido corrigir as coisas. Esse é o tipo de coisas que podemos realmente ver. A outra coisa que aconteceu foi que o Japão teve uma série de seis terremotos que eram muito raros, em que cada um começou… eles tinham uma assinatura comum, era como um terremoto artificial, com uma explosão repentina seguida por réplicas e não como, sabe , um crescendo gradual e cada um deles estava centrado numa base militar japonesa e… eles não podem explicar esse tipo de coisas através de informações 3D normais, mas alguns… o meu entendimento é que um grande poderio militar foi acumulado secretamente no Japão para tentar invadir a China, para iniciar uma guerra e todo esse cenário foi interrompido a um nível muito elevado. Todo os cenários para o futuro do planeta Terra foram travados, e os que continuam… a tentar fabricar guerras perderam, mas consigo ver os sinais e são eventos inegáveis ​​que estão a acontecer e eles não podem fingir que não aconteceram, como esses terremotos em QiuShu, como os terremotos em La Palma, como Fukushima e o meu entendimento é que as pistas forenses, novamente, e eu sou repórter, lido com as fontes em primeira mão, vão dar à Itália e à Loja P2 da Maçonaria Livre, ao Vaticano e depois até Zugo e mais outro lugar também na Suíça. Nós devemos, se necessário, enviarmos homens com armas até esses sítios para porem um fim a isto.

Winston: Deixe-me comentar Louisa.

Louisa: vá em frente!

Winston: Sabe, muitas pessoas estão muito familiarizadas com o ECETI Ranch, James Gilliland e todos os seus seguidores e assim por diante. Perguntei-lhe uma vez, sabe, de quem eram essas naves que andavam por aí a voar e ele disse que 70 a 80 % eram na realidade Pleidianas, essas naves que voam por aí e eu perguntei porque é que eles andavam a voar pelo planeta o tempo todo e, bem, ele disse que eles andavam a resolver problemas e também estão a corrigir certos problemas físicos para que não tivéssemos esses cataclismos que vinham sendo anunciados e talvez tivessem acontecido se eles não tivessem intervindo. Então, nós temos muita ajuda no que a isso diz respeito… então, está a ser tratado, a Federação está a dar uma grande ajuda.

Louisa: Isso é bom, é bom de ouvir e eu sei que o Cobra provavelmente poderá validar isso, certo?

Cobra: Sim, claro, estou em contacto com a Frota Pleideana e eles trabalham dia após dia para minimizar o impacto que as forças das trevas têm no planeta, eles trabalham dia e noite para estabilizar a Humanidade, auxiliando na preservação de Natureza, e eles estão a fazer isso em todos os momento, é o seu foco principal.

Louisa: Deixe-me fazer uma pergunta. Há um vídeo no youtube de algumas pessoas que lançaram os seus foguetes e e parece que a dado momento atingem algum tipo de cúpula? A cerca de 117 quilómetros de altitude da terra… Existem várias, na verdade, acho que um dos foguetes da Space X teve alguns problemas com isso. Cobra, o que pode contar-nos sobre isso? É um vídeo muito popular no youtube.

Cobra: Repare há muitos… ok, agora temos muita actividade na baixa órbita terrestre. Todas as facções que ainda não foram unificadas, todos os grupos de interesse que têm capacidade de viajar no espaço estão a concentrar-se aqui porque é aqui que a batalha… Eu diria que ocorrem batalhas com naves camufladas na órbita baixa terrestre mais próxima e às vezes, essas coisas tornam-se visíveis e, às vezes, partes do que está a acontecer são publicadas no youtube, pelo que então certos fragmentos do que está a acontecer são visíveis às vezes e são publicados no youtube.

Louisa: Quero dizer é bastante fascinante, quero dizer, algumas pessoas tentam usar isso como um argumento para a teoria da Terra plana.

Winston: Deixe-me comentar sobre isso. Essas coisas no youtube são obra da CIA. Então, se ouvir o que Andrew Bisagio experienciou nas suas viagens e assim por diante, muitas vezes ele imaginou que ele realmente estava envolvido com a mesma coisa, mas tinha sido a CIA que criou uma situação… ele realmente não tinha ido a Marte nessas situações específicas mas ele estava na realidade envolvido numa experiência holográfica. Então, todas essas coisas que são publicadas por toda a internet são simplesmente uma coisa da CIA.

Louisa: Bem, estes vídeos são reais. É possível ver que o foguete pára claramente. Sabe, tem uma camara go pro nele e ascende e depois, então, eu tenho o vídeo se quiserem ver.

Winston: Eu sei o que é.

Louisa: Então, eu estou só a questionar-me se é o cinturão de Van Allen ou o véu. Cobra, então o que é isto?

Benjamin: Aqui na Terra…

Cobra:… Eu não…

Louisa: Benjamin vá em frente e depois o Cobra.

Benjamin: Porque eu… Aqui na Terra. Ok eu cresci, sabe, a assistir à contagem decrescente do Luis Armstrong a pôr o pé Lua e nós devíamos chegar a Marte na década de 70 e às estrelas por volta do ano 2000 e aqui estamos em 2017 e nem sequer podemos ir à Lua. Eles disseram na NASA nas conferências de imprensa que… que eles acham que encontraram uma forma de contornarem o plasma ao redor do planeta. E eu penso para comigo “esperem um minuto, nós não tínhamos já feito isso em… sabe, em 1968?”. Então, algo… sejamos claros, agora estamos em quarentena neste planeta e isso é baseado na minha experiência de vida, e eu certamente não posso ir à estação de foguetes local e pegar num e ir para outro planeta e isso também é válido para os restantes demais.

Louisa: Este é o foguete ao qual eu me estou a referir, este é um deles. É como um género de foguete feito por empresas civis para consumidores que… verá que ele pára, ou como se algo o parasse, como é possível ter simplesmente parado? Agora, Cobra pode comentar isso? Vou mostrar o vídeo dentro de momentos.

Cobra: Ok!

Louisa: Então, a uma altitude de 117 quilómetros alguns deles, existem alguns vídeos como este, sensivelmente à mesma altitude param a um dado momento, como podem ver claramente.

Cobra: Não, não é a Terra plana com certeza, de certeza. Ok, eu posso, e se tiver as capacidades de internet que eu tenho, isto porque a minha equipa tirou uma nova foto da curvatura do planeta apenas ontem.

Louisa: Pode repetir novamente? Eu não ouvi, desculpe… veja, lá vai e pára subitamente.

[para imagens ver o vídeo das entrevistas desde o minuto 54:20 até ao minuto 56:40]

Cobra: É o fim da combustão do motor, é muito simples!

Louisa: Ok! Eles vão mostrar isso de outra perspectiva. Aqui está! E o que faz as pessoas, sabe, começarem a pensar é… aqui vamos nós, nós realmente não vemos…

Winston: Isso é o sul…

Cobra: Ok, vou mostrar-lhe uma coisa.

Louisa: Ok!

Cobra: Um momento! A partilhar tela…

Louisa: Sim, o pequeno envelope verde ao fundo…

Cobra: Um momento, um momento, qual?..

Louisa: Há uma caixa verde, no fundo pelo que então tem de abri-la primeiro…

Cobra: Ok! Sim, isto foi feito ontem. Pode ver a curvatura ou não?

Louisa: Hmm…

Cobra: Ok, a minha equipa tirou esta foto ontem ok? Pode ver a curvatura da Terra. A altitude era de cerca de 20… e algumas milhas, eram cerca de 29 quilómetros.

Benjamin: Ouçam, estou a ficar sem tempo, pelo que então há alguma última coisa… A última coisa que quero dizer é que, aqui na Terra tridimensional, vejo… que este ano temos uma oportunidade muito real de acabar com isto. As corporações que mandam em Washington DC ficaram sem dinheiro e estou a tentar convencer os credores a não lhes darem nenhuma extensão de crédito pelo que podemos terminar isto agora.

Winston: Não tem a ver com dar uma extensão.

Benjamin: Porque esta é a nossa oportunidade a de, nos próximos meses, podermos realmente fazer isto acontecer e eu certamente vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para garantir que isso aconteça e temos uma oportunidade real, nos próximos meses. Vai ser muito importante e todos nós precisamos de fazer o que pudermos.

Louisa: Aguarde um segundo. Então, sabe Winston… Cobra disse anteriormente que temos que evoluir, ok? Por isso precisamos desta transição financeira para evoluirmos, porque existe tanta pobreza e o Winston disse o mesmo, que se as Almas realmente só conhecerem apenas pobreza neste planeta não poderão cumprir os seus contratos de Alma dessa forma. Então existem esses programas de prosperidade e as nossas Almas precisam de experienciar essa prosperidade. Esses pacotes de prosperidade, fundos e coisas desse género… Benjamin e Cobra, permitam-me começar pelo Winston. É assim que vão implementar isto? Porque Cobra, se diz que nesta reavaliação das moedas, elas não serão… sabe, de alguma forma, algumas das moedas irão obviamente, aumentar, e haverão pessoas a ganhar dinheiro com isso.

Cobra: Vou explicar muito sucintamente e depois tenho de ir, pelo que então eu diria que parte do reset financeiro são os pacote de prosperidade. Existe tanta riqueza neste planeta que foi escondida, que foi usurpada pela cabala e que precisa de ser partilhada com todos, e as Forças da Luz estão à espera que quando tudo isso for distribuído qualquer mulher, homem e criança no planeta irão ter cerca de 100 mil dólares. Isso é suficiente para uma pequena casa, é suficiente para… deixar de se preocupar com a sua sobrevivência básica e, claro, a partir daí é sempre a melhorar e esses pacotes, todos vão receber esses pacotes básicos, independentemente da raça, independentemente da idade, independentemente de qualquer coisa excepto, é claro, os membros da cabala que passarão pelo processo de reajuste, eu diria.

Louisa: Ou prisão. Vá em frente, Winston… desculpe, pode comentar.

Winston: Bem, o primeiro sítio de onde virá a prosperidade será da redução dos impostos, uma vez que as pessoas tenham um aumento de, sabe, 30 ou 40 por cento do rendimento disponível, o que por si só trará prosperidade sem os outros todos. Depois então todas essas outras coisas que acontecerão como o Cobra menciona.

Benjamin: O sistema financeiro é o processo de decidir o que nós, como espécie, faremos no futuro e foi controlado por pessoas que usaram o medo. Eles disseram “vem aí a União Soviética, as comunas vão-nos matar”, depois veio o Estado Islâmico e mais medo, terror e guerra e, em vez disso, vamos mudar para um sistema onde todos nós diremos que tipo de futuro queremos construir, em que tipo de planeta queremos viver, como iremos chegar lá, como .. vamos imaginar o melhor futuro possível.

Winston: Exactamente!

Benjamin: Vamos trabalhar juntos e fazer as coisas acontecerem! É nesse sentido que estamos a andar!

Cobra: Sim, sim! Isso é o que estamos a fazer, sim!

Benjamin: Muito obrigado!

Louisa: Benjamin, eu agradeço que tenha-se juntado a nós, e deixe-me ver se têm algum comentário final, algo que não discutimos, ou se houve algum comentário que quisesse fazer sobre qualquer coisa que qualquer pessoa tenha dito até agora. Caso contrário, se tiver algum comentário de encerramento e mais positivo, isso é muito mais esperançoso, creio, esta entrevista e acho que o nosso… sabe, as pessoas precisam de ouvir isso, mas para encerrar há algo que queira dizer, Benjamin?

Benjamin: Eu apenas disse que cabe a nós fazer com que as coisas realmente aconteçam, as pessoas no poder, nas forças armadas, no governo e que forem capazes de agir, devem fazer o que eles pessoalmente possam, e podemos fazer algo acontecer nos próximos meses, se todos trabalharmos juntos.

Louisa: Ok!

Benjamin: E então poderemos ter o paraíso na Terra! Ok, obrigado por me ter convidado!

Louisa: Obrigado, Benjamin, acho que são as milícias neste momento que têm de agir! Quero dizer, é o que eles deveriam estar a fazer, eles deveriam, sabe, fazer o trabalho deles. Cobra, tem algum comentário sobre qualquer coisa sobre a qual falamos até agora ou algo sobre a qual não tenha falado e que queira comentar. Se não tiver então, sabe, fazer os comentários de encerramento para os nossos espectadores ?

Cobra: Sim, eu simplesmente concordaria completamente com Benjamin, que temos uma oportunidade muito real de acabar com isso agora e se todos fizerem o seu trabalho a 100%, ou pelo menos a 80 ou 90%, temos uma oportunidade real de acabar com isto muito em breve.

Louisa: E os militares? Cobra e todos! Os militares daqui, os positivos em todos os lugares, incluindo todos os que estão a ouvir isso, incluindo aqueles que trabalham nas agências de inteligência, todos incluídos. Alguém tem que dar um empurrão, é o que está a dizer

Cobra: Agora é hora de agir, sim!

Louisa: Tem que haver um empurrão de alguém, ok? E Winston, quer comentar?

Winston: Bem, só isto, que aqueles que têm os seus contratos de Alma para assumirem essas posições de poder e assim por diante, se não fizerem o seu trabalho, também serão removidos.

Louisa: Ok! Muito obrigado Winston, Cobra e Benjamin, foi um prazer falar convosco e acolher esta entrevista novamente e espero tê-los de volta no Goldfish Report novamente em breve. Pessoal, os links para as páginas de todos os nossos convidados de hoje estão na secção de comentários deste vídeo e eu queria apenas lembrar aos nossos espectadores que, por favor, apoiem os nossos convidados e os seus projectos e vamos fazer este Evento e esta mudança para a Humanidade acontecer para que possamos todos finalmente viver uma vida feliz, alegre e próspera! E, dito isto, obrigado por assistir e concluímos esta edição do Goldfish Report!

Quem é COBRA? Aqui

Fonte: Portal 2012 / Nebula

Prepare for Change (Brasil)

Prepare for Change (Português)

Prepare for Change (Inglês)

Junte-se a comunidade Prepare for Change

Tradução: Prepare for Change (Português)

Veja mais artigos / entrevistas do COBRA Aqui

E aí gostou? Deixe um comentário, será muito apreciado...